SALÁRIO MÍNIMO PROFISSIONAL DOS MÉDICOS VETERINÁRIOS 2014

Em razão do novo salário mínimo, a partir de Janeiro/2014, a seguir, demonstramos como calcular o salário da categoria profissional dos Médicos Veterinários, conforme a Lei 4.950 – A, de 22/04/66:
1) Para uma jornada de seis horas diárias, (6 x o salário mínimo de R$724,00) é = a R$ 4.344,00 por mês;
2) Para uma jornada de sete horas diárias, (R$ 4.344,00 ÷ 180 horas = a R$ 24,13 por hora normal de trabalho). Acrescenta-se 25%, à hora normal, para obter-se o valor de uma hora extra, o que é = a R$ 30,16 x 30 (o equivalente à uma hora extra por dia, considera-se o mês de 30 dias, o que é = R$ 904,80 + R$ 4.344,00, correspondentes às seis horas normais diárias) totaliza R$ 5.248,80 por mês;
3) Para uma jornada de oito horas diárias, o que exige duas horas extras por dia, que soma 60 horas no mês x R$ 30,16 = R$ 1.809,60 + R$ 4.344,00 correspondentes às seis horas normais, totaliza R$ 6.153,60 por mês;
4) É dever das entidades representativas de classe, Sindicatos e Sociedades defenderem e lutarem por um salário maior que o mínimo profissional. Mas não é louvável a nenhuma entidade sindical firmar Acordo ou Convenção Coletiva que resulte na redução de salários de uma categoria profissional.
Rio de Janeiro, 6 de janeiro de 2014
449º Aniversário da Cidade Maravilhosa
Claudio Sergio Pimentel Bastos, MV
CRMV RJ 0182
Presidente SIMVERJ

Informações complementares do site Trabalho e Previdência
A Constituição Federal, em seu art. 7º, inciso XIII, ao dispor sobre os direitos dos trabalhadores, limitou a duração normal do trabalho em 8 horas diárias e 44 horas semanais, facultada a compensação de horários mediante acordo ou convenção coletiva de trabalho.
A CLT estabelece em seu art. 59, caput, que a duração normal do trabalho poderá ser acrescida de horas suplementares, em número não excedente a duas, mediante acordo escrito entre empregador e empregado ou por meio de contrato coletivo de trabalho.
É necessário verificarmos alguns conceitos focalizados a seguir.
Jornada de trabalho – diz respeito ao número de horas diárias de trabalho que o trabalhador presta à empresa.
Horário de trabalho - é o espaço de tempo em que o empregado presta serviços ao empregador, contando do momento que se inicia até seu término, não se computando o intervalo para alimentação e repouso (art. 71 da CLT).
O legislador, contudo, não fixa a carga horária mensal, somente limita a diária (8 horas) e a semanal (44 horas).
Assim, a partir dessas limitações, a carga horária mensal é determinada da seguinte forma:
– 44 horas semanais: 6 dias = 7,333333 (equivale a 7 horas e 20 minutos no relógio).
– 7,333333 x 30 (dias do mês) = 219,99999 = 220 horas mensais.
Sendo o mês de 31 dias, temos:
– 7,333333333 x 31 (dias do mês) = 227,333333 (equivale a 227 horas e 20 minutos no relógio).
Em se tratando de empresa que trabalha com uma jornada de 40 horas semanais, temos o seguinte:
– 40 horas semanais: 6 dias = 6,66666666 x 30 = = 199,99999999 = 200 horas mensais.
Nota:
A dízima 0,333333 é a equivalência em hora de 20 minutos, ou seja, são os décimos da hora normal, obtidos pela regra de três – 0,333333 x 60 minutos = 19,999999 que, arredondando, será 20 minutos.
2. Compensação da Jornada de Trabalho
A compensação da jornada de trabalho ocorre quando o excesso de horas de um dia for compensado pela correspondente diminuição em outro dia, ou seja, o empregado trabalha mais horas em determinado dia para prestar serviços em número menor de horas em outro dia ou não prestá-las em certo dia da semana, a exemplo do sábado que é normalmente compensado, ou ainda de “dias-pontes” entre feriados e fins de semana.
O acordo de compensação também pode ser firmado para compensar as horas que seriam trabalhadas nos dias de Carnaval, Natal e Ano Novo.
Assim, o acordo de compensação e o de prorrogação podem ser celebrados, simultaneamente, desde que a jornada de trabalho normal seja acrescida de até duas horas, observado o limite de 10 horas diárias, da seguinte forma:
– de 2ª a 6ª feira – 8 horas e 48 minutos;
– de 2ª a 5ª feira – 9 horas e 6ª feira – 8 horas;
– de 2ª a 6ª feira – 8 horas e Sábado – 4 horas.
Nota Cenofisco:
Lembramos que os dias em que se comemora o Carnaval não se encontram discriminados entre os feriados oficiais, exceto para o Estado do Rio de Janeiro que, considera a terça-feira de Carnaval como feriado (Lei nº 5.243 de 14/05/2008). Assim, poderá haver expediente normal nesses dias ou a compensação das horas correspondentes. http://www.sitesa.com.br/contabil/conteudo_trabalhista/procedimentos/p_trabalhista/a05.html

118 respostas para SALÁRIO MÍNIMO PROFISSIONAL DOS MÉDICOS VETERINÁRIOS 2014

  1. Isabel Cristina Lima disse:

    Para uma jornada de 20 horas semanais ou 4 horas dia, ou 4 jornadas de 5 horas, será proporcional ?
    E no serviço público…. “quem briga” por nós ?

    • SIMVERJ disse:

      Estimada Colega
      Infelizmente o Serviço Público não cumpre o determinado na Lei 4950-A/66, mas no momento encontra-se em tramitação no Senado a PEC 02/2010 que trata de reconhecer o salário profissional dos servidores públicos. Participe da Petição Pública on line e manifeste seu apoio a campanha

      Cordialmente Claudio Bastos

    • SIMVERJ disse:

      Estimada Isabel
      Desculpe a demora da resposta, mas não acusou seu comentário. Infelizmente o Servidor Público não é valorizado pelo seus administradores, assim, em alguns municípios do Brasil já pagam o salário profissional, como por exemplo, Recife. Mas devido ao tamanho do Brasil é pouco, e só conseguiremos com um Sindicato forte com uma participação de TODOS. A outra realidade, é que os Colegas acham que uma Contribuição Sindical Urbana é mais uma cobrança, esquecendo que é um tributo estabelecido em lei – CLT + MTE.
      Assim participe e fortaleça o nosso Sindicato para iniciarmos uma grande caminhada para a Medicina Veterinária em pról do trabalho e emprego de nossos técnicos, com qualidade de Vida.
      Cordiais Saudações Sindicais.
      Claudio Bastos, MV
      Presidente

  2. ALFREDO DA COSTA LEITE FILHO disse:

    Embora em Dezembro de 2010 tenha sido aposentado através da compulsória (70 anos), tenho comigo a declaração da Direção Administrativa da Vigilância Sanitária – Prefeitura do Rio de Janeiro, de que a minha carga horária de trabalho são 40 horas semanais , cfe. foram cumpridas corretamente ! E esta é a carga horária obrigatória !

  3. Joana Reis disse:

    Boa tarde.
    E como fica o pagamento para plantões? E finais de semana?
    Obrigada.

    • SIMVERJ disse:

      Estimada Joana
      Explique melhor seu questionamento.
      Serviço público ou privado? Plantões e finais de semana em que local ?
      Ajude a divulgar o nosso Sindicato além da participação com sua Contribuição Sindical.
      Grato
      Claudio Bastos
      PS: seu e-mail retornou, favor cadastrar em contato simverj@gmail.com

  4. Juliana Abreu disse:

    Ler isso chega a ser engraçado amigo. Trabalhando em Clínica de Pequenos Animais, com plantões de 12 horas, nunca se consegue isso. Temos q lembrar q boa parte de nós trabalha sem carteira assinada não é?
    É muito lindo, muito poético, mas eu adoraria ganhar mensalmente o valor q está estipulado acima…

    • SIMVERJ disse:

      Estimada Juliana
      O objetivo de fortalecer o Sindicato é exatamente cobrar junto as Associações profissionais que trabalhem cumprindo os compromissos salariais através de uma negociação transparente junto ao técnico. Já contatei a ANCLIVEPA para discutirmos o assunto. Mas, torna-se importante sua participação junto ao sindicato ( saiba que estamos resgatando esta instituição a partir de 25 de setembro 2010 ) através de sua Contribuição Social Urbana ( um tributo do MTE ). Já avançamos mais do que você imagina, pois já disponibilizamos ASSESSORIA JURÍDICA para os Médicos Veterinários, que em situação semelhante a sua providenciem uma ação trabalhista contra seu empregador.
      Cordialmente
      Claudio Bastos

      • Jaqueline disse:

        Correção de erro de digitação: demonstrados e principalmente. Moro em SP, ha alguma diferença entre estados?

      • SIMVERJ disse:

        Jaqueline a lei e´federal, mas estados e municípios não seguem a legislação. A empresa privada deve seguir. Cordialmente Claudio Bastos, MV

  5. Fabiana disse:

    Boa tarde.
    a quase um ano estou querendo a ACT de 2008 e 2009 da classe dos Medicos Veterinários do Estado do RJ e não consigo.O prazo que tenho para ter esses documentos em mãos está se esgotando.
    Entro em contato com o presidente do sindicato e só tenho como resposta que estão arrumando o acervo.
    Como vocês poderão me ajudar?
    Espero uma resposta o mais rapido possivél.
    Att,
    Fabiana.

    • SIMVERJ disse:

      Estimada Fabiana
      Assumimos o Sindicato em 25 de setembro de 2011. Tentarei verificar com a Direção anterior se possui algum documento referente a sua solicitação.
      Cordialmente
      Claudio Bastos

  6. Harry Rutman disse:

    Cláudio- será que eu e outros aposentados do Estado e Município, seremos incluídos na L 4950/66 ?Em 1985 e 1986, nosso aumento em nova tabela, determinou as 40 horas semanais. Mas aumento-8 vezes o SM – nunca saiu! Outra coisa: eu e a Norma, em 2001,apresentamos um estudo, a pedido do Vilanova (?), que ele enviaria ao Secretário de Governo, o qual estava interessado em atualizar os nossos vencimentos. Será que foi feito algo? Saudações do colega atento e sempre amigo. Harry Rutman – 8/8/2011

  7. Jorge Luiz Medeiros disse:

    Cláudio,
    Pelos cálculos acima, quem trabalha 6 horas diárias ganha R$ 3.270,00. Mas quantos dias por semana? Se for um dia, quanto ganharia se trabalhasse 5 dias por semana? Seria 16.350,00?
    A lei, no meu modo de ver é omissa com relação ao número de dias trabalhados.

    • SIMVERJ disse:

      Estimado Colega Jorge
      Este valor corresponde ao mês trabalhado sem nenhum acréscimo como você calculou ( 20 dias de trabalho e o restante finais de semana. Na Bahia o Médico Veterinária já recebe o SMP ( salário mínimo profissional ) , e encontra-se em andamento no Congresso e Senado algumas MP ligadas a nossa profissão. Codilalmente Claudio Bastos

  8. ISSO É VALIDO PARA ESSE MUNDO?

    • SIMVERJ disse:

      Estimada Colega Daniela
      Na Bahia o Médico Veterinária já recebe o SMP ( salário mínimo profissional ) , e encontra-se em andamento no Congresso e Senado algumas MP ligadas a nossa profissão. Cordialmente Claudio Bastos

  9. Bruna disse:

    Realmente é mto poético…
    Quem trabalha dando plantão em clínica de pequenos 12 hrs/dia as vezes não ganha nem R$ 1000,00 mês…lembrando que nossa classe ganha em média 30% do valor obtido no dia…sõa poucas as clínicas que pagam plantão e quando pagam é mto pouco.
    É uma vergonha porque todo inicio do ano temos que pagar quase R$ 300,00 p um conselho que não sere p nada e ainda por cima temos que pagar sindicato.
    Gostaria de saber qual a função de vocês visto que esta cheio de clínicas clandestinas e charlatões..ah tirando que qualquer medicamento veterinário é vendido sem receita, ou seja, qualquer pessoa chega no balcão e pede qualquer coisa e vendem…
    É mto complicada essa estória…o dia que algum médico veterinário ganhar esse salário o mundo vai acabar…só falando assim mesmo!

    • SIMVERJ disse:

      Estimada Colega Bruna
      Na Bahia o Médico Veterinária já recebe o SMP ( salário mínimo profissional ) , e encontra-se em andamento no Congresso e Senado algumas MP ligadas a nossa profissão. Quanto aos clandestinos poderão ser denunciados junto ao CRMV RJ que é o agente fiscalizador da profissão, como é do seu conhecimento. Caso queiras pode encaminhar sua denúncia embasada com dados suficientes para o SIMVERJ que encaminharemos também para o CRMV RJ. Cordialmente Claudio Bastos

    • SIMVERJ disse:

      Estimada Bruna
      Acredite que se você não denunciar junto ao seu Sindicato para encaminhar ao órgão fiscalizador que é o CRMV RJ que você despreza ( seu texto ) as coisas não modificarão para os Médicos Veterinários. Somente a união fortalece a profissão e as instituições que dependem do profissional e de sua participação seja com o dinheiro ( necessário para execução de tudo ) e ou com denúncias e sugestões, saiba que infelizmente não cresceremos. Cordialmente Claudio Bastos

  10. fernando disse:

    Bom Dia.

    Como faço cálculo para 44 hs semanais, sendo 8 durante a semana e 4 no sábado? Qual o valor das horas trabalhadas em fim-de-semana? Esse salário conta numa açao judicial como válido? Trabalhei exercendo clínica, mas minha carteira era assinada como “auxiliar de veterinário” p/ pagarem um salário vergonhoso. Tenho como recorrer disso? Possuo provas que exercia clinica.

  11. EDIO ROGERIO disse:

    Em razão do novo salário mínimo, a partir de Fevereiro/2012, a seguir, demonstramos como calcular o salário da categoria profissional dos Médicos Veterinários, conforme a Lei 4.950 – A, de 22/04/66:
    1) Para uma jornada de seis horas diárias, (6 x o salário mínimo de R$ 622,00) = a R$ 3.732,00 por mês;
    2) Para uma jornada de sete horas diárias, (R$ 3.732,00 ÷180 horas = a R$ 20,73 por hora normal de trabalho). Acrescenta-se 25%, à hora normal, para obter-se o valor de uma hora extra, o que é = a R$ 25,91 x 30 (o equivalente à uma hora extra por dia, considera-se o mês de 30 dias, o que é = R$ 777,30 + R$ 3.732,00 correspondentes às seis horas normais diárias) totaliza R$ 4.509,30 por mês;
    3) Para uma jornada de oito horas diárias, o que exige duas horas extras por dia, que soma 60 horas no mês x R$ 25,91 = R$ 1.554,60 + R$ 3.732,00 correspondentes às seis horas normais, totaliza R$ 5.286,60 por mês;
    4) É dever das entidades representativas de classe, Sindicatos e Sociedades defender e lutar por um salário maior que o mínimo profissional, devemos incentivar e aplaudir;
    Mas não é louvável a nenhuma entidade sindical firmar Acordo ou Convenção Coletiva que resulte na redução de salários de uma categoria profissional.
    Rio de Janeiro, 30 de janeiro de 2012
    Claudio Sergio Pimentel Bastos
    Presidente

    QUAL A AÇAO DO SINDICATO JUNTO AO GOVERNO ESTADUAL, QUE PAGA 2000,00 PARA O PERIODO DE 40 HORAS SEMANAIS ( 8 HORAS DIARIAS). A LEI SERVE PARA UNS E NAO PARA OUTROS? OU….

    • SIMVERJ disse:

      Estimado Colega
      O governo sempre paga mal para todas as categorias, exceto alguns nichos do funcionalismo, seja Municipal, Estadual e Federal com suas exceções. Aguardamos a evolução da PEC 02 que irá regularizar para todas as categorias os salários profissionais de cada categoria. Dependemos do fortalecimento do Sindicato para pleitearmos o que a lei determina. Cordialmente Claudio Bastos
      Fortaleça seu sindicato, pague antecipado a Contribuição Sindical 2012 e informe ao RH para que não faça o desconto de 01 (um) dia de salário em março, referente ao Imposto Sindical.

    • gustavo disse:

      A Acao é vc tomar a vergonha na cara e trabalhar! Como pode o Sindicato querer que pague 4500 de salario se essa raca maldita de veterinario cobram consultas de 30 reais! Como fica a concorrencia! Levante a mao pro seu e agradeça que tu ganha 2000 na clt! e fique menos na internet lendo besteira e mais dentro do seu consultorio fazendo valer a pena seu belo salario

      • SIMVERJ disse:

        Prezado Senhor
        Estude a legislação e respeite os profissionais da Medicina Veterinária pois incorre em falta ética e passivel de representação. Claudio Bastos, MV

  12. Elaine Salu disse:

    Quando se trabalha em plantões de 12 horas em uma clínica que não é registrada mais que está funcionando a 14 anos, sem carteira assinada, recebendo plantões em valores fixos, mais que nenhum tipo de recibo é assinado. Já tenho 2 anos nessa situação, sem férias, 13º salário. Tenho direito a alguma coisa?

    • SIMVERJ disse:

      Estimada Colega
      Procure entrar em contato com o escritório de Advocacia que nos orienta Dr. Ivan Ribeiro 21 22154463 21 25324677, e será informada dos seus direitos trabalhistas. Cordialmente Claudio Bastos

  13. CARLOS FLORES disse:

    EU SOU ENG. AGRONOMO E TRABALHO EM PREFEITURA NO INTERIOR DE SÃO PAULO, TIVE QUE ENTRAR NA JUSTIÇA. GANHEI A AÇÃO E HJ RECEBO 8,5 s.m.; POREM COLEGAS DAQUI (UM ENG.AGRONOMO, UM EN.CIVIL E UM MEDICO VETERINARIO ) PERDERAM A AÇÃO.
    VAI ENTENDER NÉ? AQUI NA PREFEITURA SOMENTE EU E MAIS UM AGRONOMO É QUE ESTAMOS RECEBENDO OS 8,5. POSI SOMENTE NOS DOIS GANHAMOS NA JUSTIÇA.

    • SIMVERJ disse:

      Estimado Carlos
      Grato e se possível enviar uma cópia do processo para o nosso endereço Rua Alcindo Guanabara, 24 sala 1710 Cinelândia Rio de Janeiro CEP 20030-915. Poderá servir de base para nosso Assessor Jurídico.
      Claudio Bastos

  14. Maynne disse:

    Tenho 14 anos e moro no Maranhão, faço o 1º ano do ensino médio.
    Quando terminar os estudos quero fazer faculdade de veterinária, não pra trabalhar de veterinária em uma empresa, mas para ter a minha própria empresa.
    Será que encontro faculdade de veterinária aqui mesmo no Maranhão? E como faço para ter a minha própria empresa e receber um bom salário?

    • SIMVERJ disse:

      Estimado Maynne
      Para sua informação e consulta. Sucesso e muita dedicação para você. Cordialmente Claudio Bastos
      Conselho Regional de Medicina Veterinária do Maranhão CRMV-MA
      Rua Rua Astolfo n° 57
      Bairro Apeadouro
      Estado do Maranhão
      País/Brasil
      CEP: 65000000
      Telefone: (98)3243-3230
      Fax : (98)3243-2833

  15. ester disse:

    Tenho 14 anos e moro no PARÁ , faço o 1º ano do ensino médio.
    Quando terminar os estudos quero fazer faculdade de veterinária, não pra trabalhar de veterinária em uma empresa, mas para ter a minha própria empresa.
    Será que encontro faculdade de veterinária aqui mesmo no Maranhão? E como faço para ter a minha própria empresa e receber um bom salário?

  16. Clarice Carriconde disse:

    Prezados, gostaria de saber se esta resolução extrapola a outros estados ou se até o momento é uma iniciativa somente do SIMVERJ, pois atuo no RS e não recebo por este formato.
    Desde já agradeço a atenção.

  17. Fabrício Ventura disse:

    Eu gostaria de saber o Dissídio Coletivo, base de cálculos, base salárial, insalubridade, entre outros., para “Axiliar no Banho e Tosa” e “Auxiliar de Veterinário” em um PetShopp.

    Este funcionário tem direito à auxilio alimentação e vale transporte?
    Tem convenção coletiva para esta classe?
    Em caso de gravidez, quais direitos tem o funcionário?

  18. Tenho muita vontade de ser veterinária. É uma vocação que tenho desde quando era criança. Mas o que me deixa preocupada é o salário, sou de Goiânia GO. Aqui os veterinários ganham bem?

    • SIMVERJ disse:

      Estimada Larissa
      A Medicina Veterinária tem seus percalços salariais, mas existe possibilidades para concursos que pagam melhor ao profissional. Quanto ao seu estado não tenho como opinar. Lute por sua vocação e realize seu sonho e o resto tudo com certeza se ajeitará. Cordialmente Claudio Bastos

  19. leticia disse:

    ESTOU OENSANDO EM SER VETERINARIA EH A MINHA PAIXÃO

    • SIMVERJ disse:

      Estimada Letícia
      Com certeza a Medicina Veterinária é uma grande paixão. Torço que realize seu sonho, mas saiba que depende de sua dedicação e esforço. Cordialmente Claudio Bastos

    • Danilo disse:

      Já fui estudante de medicina veterinária nos meus recém 20 anos, infelizmente fui obrigado a largar os estudos, me formei em Comércio Exterior. Hoje com 29 anos, tenho um salário mediano, (possivelmente maior do que se tivesse me formado em Veterinária), porém sou um profissional infeliz. Se pudesse voltar no tempo, faria tudo outra vez, com amor, paixão. Lidar com animais está no sangue, sensibilidade, e isso eu tenho pra dar e vender.

      Letícia, bola pra frente, se forme em Veterinária e trabalhe na profissão mais linda do mundo.

      • SIMVERJ disse:

        Prezado Danilo
        Obrigado por suas palavras de estímulo à Letícia e dividir sua experiência pessoal. Como Veterinário militante por mais de 40 anos ainda sinto orgulho da minha escolha profissional. Acredito ainda que é possível realizar seu sonho. Cordialmente Claudio Bastos, MV

  20. Tatiana Campos disse:

    Ser médica veterinária era um sonho de infância, que, com muito sacríficio da minha parte e da minha família, concretizei estudando na UFF. Pena que o salário do médico veterinário é uma vergonha. É imoral. É muito poético no papel, mas, na prática, não dispomos de um sindicato que brigue por nós. Nunca tive carteira assinada na vida e estou formada há quase 10 anos. Muitos lugares não pagam nem mesmo um valor mínimo para bancar pelo menos sua passagem e sua alimentação daquele dia. Me desculpe, mas antes de falarmos de qualquer coisa, é preciso saber que os veterinários não são filantropos, eles comem, bebem, têm filhos e ficam doentes mas não nos é assegurado nenhum direito trabalhista. Aí eu pergunto, por que a empregada doméstica e o gari tê carteira assinada e direitos trabalhistas e eu não??? Dra. Tatiana Campos – CRMV-RJ 7.220 – Atualmente trabalhando em outra profissão por não ter dinheiro para me manter como médica veterinária, apesar de 5 anos de estudos em faculdade pública e pós graduação debaixo do braço.

    • SIMVERJ disse:

      Estimada Tatiana
      1 Estamos recuperando o SINDICATO mas dependemos de uma participação dos profissionais registrados no CRMV RJ quanto a Contribuição Sindical Urbana pois este tributo permite que 60 % do valor anual reverta para uso nas despesas tais como aluguel , funcionário, telefone, internet e outros ;
      2 O tempo de imobilismo do nosso Sindicato permitiu a desmobilização de nosso cadastro , hoje monopólio da Autarquia e assim sem recursos venho procurando de grão e grão conscientizar que UM SINDICATO FORTE AMPLIA DIREITOS E AUMENTA A RENDA e dependemos de todos os profissionais registrados no CRMV RJ;
      3 Observe que a responsabilidade do tributo é do profissional, pois faz parte de um programa ligado ao Ministério do Trabalho, mas muitos poucos recolhem o imposto sindical. Você está em dia com sua CSU ?
      4 A história de cada um permite avanços ou recuos, lamento pela sua, talvez as oportunidades não tenham sido favoráveis para muitos profissionais liberais em diversas áreas, mas não podemos desistir. Faz parte da luta diária pela vida e pelos nossos sonhos. Torço que encontre o seu novamente, face sua dedicação pela Medicina Veterinária.
      4 Quanto ao salário retorno ao SINDICATO FORTE PARA AMPLIAR DIREITOS E AUMENTAR A RENDA e novamente voltamos ao imposto sindical, pois se falarmos em Contribuição ASSOCIATIVA voluntária, com certeza já deixaríamos de existir neste estado – RJ, como já acontece em outros por esse Brasil.
      E assim ….não estenderei mais o assunto pois é uma luta antiga minha que vi esta Medicina Veterinária crescer, apesar de tantos obstáculos.
      Cordialmente
      Claudio Bastos, MV

      • Carlos disse:

        O sindicato dos médico veterinários do Estado de São Paulo deixa a desejar e muito. Salário em média de um médico veterinário concursado nas prefeituras na região de Presidente Prudente-SP fica em torno de R$ 1.500,00/mês, para uma jornada de 40 hs. semanais, é uma vergonha.

      • SIMVERJ disse:

        Prezado Carlos
        Infelizmente ocorre em todas as prefeituras, sendo que algumas já pagam o salário profissional. Acredite que todos os Sindicatos lutam para isso acontecer. Cordialmente Claudio Bastos, MV

  21. Eu amo animais e Quero me forma em veterinaria

  22. Andre Marins disse:

    Sou aluno do Curso de Medicina Veterinária aqui no RJ e funcionário público e como li em quase todos os posts, a sempre permanece ao tocar de proventos. Hoje tenho 37 anos e estou entrando nesta área por amor .
    Não gostaria de tocar na ferida, mais sindicato de profissionais liberais no Brasil estão falidos e sempre irão estar. Pois na nossa legislação atual ninguém é obrigado a pagar contribuição sindical (obrigatória), conforme CLT, quando já somos obrigado ao pagamento anual do registro nos seus respectivos conselhos. inclusive já existe vários casos jugados e com jurisprudência no MTE.
    O sindicato mais importante neste caso é o de trabalhador e não de autônomo. Falo isso pois sou Diretor Geral do sindicato de minha atual profissão e que não tem nada a ver com animais e sim da saúde humana e já passamos por estes problemas. Nossa solução foi criar um sindicato de direitos do trabalhador e já fechamos vários acordos coletivos, temos nosso piso inserido no Piso Regional Estadual do RJ e continuamos com grandes resultados.
    Até em minha atual profissão temos problemas quanto ao recolhimento dos impostos obrigatórios GRSU

    • Andre Marins disse:

      GRCSU. Para éreas urbanas.
      Infelizmente se vocês não mudarem e realmente olhar para o profissional e pararem de ser repetitivos quanto ao pagamento de algo que não é mais obrigatório quando uma Profissão tem Conselho para assistir e fiscalizar este profissional. ( o pagamento do respectivo conselho , esse sim é obrigatório)
      . O pagamento neste país é obrigatório quando o profissional trabalha de carteira assinada e é descontado referente a um(1) dia de trabalho do profissional e a taxa associativa é cobrada por meio voluntário. Para isso o sindicato tem que conquistar seus profissionais co cursos de atualização, palestras profissionais , rede de descontos no comércio diverso e outro tantos…. e não cobrar o tempo inteiro pagamento não obrigatório por lei.
      Então amigos vamos mudar isso e ir atrás das empresas que contratam sem respeitar a CLT e exploram seus profissionais.
      Como não temos uma lei específica que acolha o profissional médico como trabalhador celetista fica difícil exigir algo, veja o caso do ato médico, tanto querem que não conseguem nada.

      quanto aos profissionais que já atuam nesta área, não adianta ficar se lamentando de seus laboros se não fazem valer seus direitos de cidadãos. Infelizmente muitos se submetem a trabalhos escravos , ganhando miséria e em muitos casos em clínicas clandestinas como lido acima. Denunciando estes lugares sua profissão estará garantida.

      • SIMVERJ disse:

        Estimado Andre
        Favor consultar normas técnicas do MTE referente ao tema. Quanto a anuidade do CRMV e o IMPOSTO SINDICAL chamado CONTRIBUIÇÃO SINDICAL URBANA também é obrigatório e representa 1 dia de trabalho de qualquer trabalhador, seja liberal ou não. Cordialmente Claudio Bastos, MV

    • SIMVERJ disse:

      Estimado Andre
      Obrigado por seus comentários e o imposto sindical chamado Contribuição Sindical Urbana tem suas dificuldades de informação quanto ao recolhimento. Muitas coisas estão acontecendo em Brasília e não é para acabar com este imposto além de outros movimentos ligados aos profissionais liberais. O trabalhador através de greves desencadeadas por Centrais Sindicais trouxe o sindicalismo para a mídia, mas o liberais tem essa dificuldade de valorizar os Sindicatos profissionais, não só na Medicina Veterinária , mas devemos manter a bandeira içada em defesa dos técnicos, mas necessitamos de dinheiro conforme tem conhecimento , já que militas em outro Sindicato. Quanto as suas vitórias , se possível, gostaria de conhecer. Favor enviar para o e-mail simverj@gmail.com. Grato por suas palavras Claudio Bastos, MV

  23. lenise franca disse:

    Favor informe piso salarial enfermeiro veterinario

  24. Gabriella disse:

    Olá ,tenho 16 anos e esse ano entro para o 3° ano do ensino médio. Desde criança sonho com medicina, mais a um ano atrás penso em medicina veterinária, amo animais,adoro cuidar do meu cachorro quando está doente, cuido muito bem, já fiz teste entre medicina humana e veterinária e em todos fui reprovada em humana e aprovada em veterinária, diz que faz muito minha cara e daria super certo comigo, há anos pesquisa a medicina humana, mais quando me fazem pergunta respondo melhor sobre veterinária. Chegando ao ponto,tenho um ano até a faculdade, estou muito indecisa, irei até a um psicologo para tentar me decidir, porém, pesquiso ambos, na área medicina humana posso ver que o salário é excelente, já na veterinária me decepciona. Não que eu esteja interessada pelo salario, mais que é uma coisa importante é sim, pois minha vida vai depender dele. Pesquiso, pesquiso, pesquiso… e a área veterinária parece bem meu foco e mais fácil pra mim, apesar de sonhar a vida inteira em ser uma Doutora. Preciso esclarecer bem isso! Como funciona essa área e o que devo fazer? minha decisão? to muito confusa, tem como me ajuda de alguma forma? Por Favor?

    • SIMVERJ disse:

      Prezada Gabriella
      A nossa lei maior 5517 / 1968 informa nos seus artigo 5º e 6º respectivamente
      ARTIGO 5º É da competência privativa do médico veterinário o exercício das seguintes atividades e funções a cargo da União, dos Estados, dos Municípios, dos Territórios Federais, entidades autárquicas, paraestatais e de economia mista e particulares:
      a) a prática da clínica em tôdas as suas modalidades;
      b) a direção dos hospitais para animais;
      c) a assistência técnica e sanitária aos animais sob qualquer forma;
      d) o planejamento e a execução da defesa sanitária animal;
      e) a direção técnica sanitária dos estabelecimentos industriais e, sempre que possível, dos comerciais ou de finalidades recreativas, desportivas ou de proteção onde estejam, permanentemente, em exposição, em serviço ou para qualquer outro fim animais ou produtos de sua origem;
      f) a inspeção e a fiscalização sob o ponto-de-vista sanitário, higiênico e tecnológico dos matadouros, frigoríficos, fábricas de conservas de carne e de pescado, fábricas de banha e gorduras em que se empregam produtos de origem animal, usinas e fábricas de lacticínios, entrepostos de carne, leite peixe, ovos, mel, cêra e demais derivados da indústria pecuária e, de um modo geral, quando possível, de todos os produtos de origem animal nos locais de produção, manipulação, armazenagem e comercialização;
      g) a peritagem sôbre animais, identificação, defeitos, vícios, doenças, acidentes, e exames técnicos em questões judiciais;
      h) as perícias, os exames e as pesquisas reveladores de fraudes ou operação dolosa nos animais inscritos nas competições desportivas ou nas exposições pecuárias;
      i) o ensino, a direção, o contrôle e a orientação dos serviços de inseminação artificial;
      j) a regência de cadeiras ou disciplinas especìficamente médico-veterinárias, bem como a direção das respectivas seções e laboratórios;
      l) a direção e a fiscalização do ensino da medicina-veterinária, bem, como do ensino agrícola-médio, nos estabelecimentos em que a natureza dos trabalhos tenha por objetivo exclusivo a indústria animal;
      m) a organização dos congressos, comissões, seminários e outros tipos de reuniões destinados ao estudo da Medicina Veterinária, bem como a assessoria técnica do Ministério das Relações Exteriores, no país e no estrangeiro, no que diz com os problemas relativos à produção e à indústria animal;
      ARTIGO 6º Constitui, ainda, competência do médico-veterinário o exercício de atividades ou funções públicas e particulares, relacionadas com:
      a) as pesquisas, o planejamento, a direção técnica, o fomento, a orientação e a execução dos trabalhos de qualquer natureza relativos à produção animal e às indústrias derivadas, inclusive as de caça e pesca;
      b) o estudo e a aplicação de medidas de saúde pública no tocante às doenças de animais transmissíveis ao homem;
      c) a avaliação e peritagem relativas aos animais para fins administrativos de crédito e de seguro;
      d) a padronização e a classificação dos produtos de origem animal;
      e) a responsabilidade pelas fórmulas e preparação de rações para animais e a sua fiscalização;
      f) a participação nos exames dos animais para efeito de inscrição nas Sociedades de Registros Genealógicos;
      g) os exames periciais tecnológicos e sanitários dos subprodutos da indústria animal;
      h) as pesquisas e trabalhos ligados à biologia geral, à zoologia, à zootecnia bem como à bromatologia animal em especial;
      i) a defesa da fauna, especialmente o controle da exploração das espécies animais silvestres, bem como dos seus produtos;
      j) os estudos e a organização de trabalhos sobre economia e estatística ligados à profissão;
      l) a organização da educação rural relativa à pecuária.
      Cordialmente
      Claudio Bastos, MV

  25. Márcio Figueiredo disse:

    Em qualquer clínica veterinária, desafio o conselho a verificar se há alguém com carteira assinada… Infelizmente essa salário é meramente ilustrativo.

  26. bia disse:

    gostaria de saber quanto e o tempo para faculdade e se acordo com a clinica que estiver trabalhando eu entrar na justiça posso receber este valor

  27. Grazi disse:

    Quanto é o salário de medico veterinario em Sao Paulo?

    • SIMVERJ disse:

      Estimada Grazi
      A lei 4950 A é que determina o salário profissional do MV mas as prefeituras, na sua grande maioria não cumpre o que determina a lei.Assim não sei dizer corretamente o que ocorre em São Paulo. Cordialmente Claudio Bastos, MV

  28. Carlos disse:

    Hoje na região de Presidente Prudente-SP, tem prefeitura pagando um salário de R$ 1484,00 para médicos veterinários ( 40hs ), o que falta é um apoio maior do nosso sindicato e do nosso conselho, isto é vergonhoso, já entrei em contato com ambos, e o que eles me falam é que a maioria das prefeituras não são celetista e sim estatutário, pois este tem suas próprias leis. Acho que isto não é resposta, se eles pelo menos se empenhassem mais, as coisas poderiam mudar, se nem o conselho e sindicato se preocupam com a classe, imagine os políticos.

  29. Maria Christina disse:

    Olá Todos Colegas de profissão!
    Sou Medica Veterinária, e tive que abdicar da profissão em busca de um salário melhor, hoje trabalho no serviço público com Técnico VISA ( 2º grau), onde o piso é maior do que de Médico Veterinário, com a mesma carga horária de 40 horas.
    Gostaria também de colocar a refletir que temos que nos valorizar em condutas de trabalho, deixando por exemplo de emprestar nosso CRMV, por salários irrisórios, e nunca aparecer nos contratos de responsabilidade técnica. Temos que criar uma relação de prestação de serviços melhor com os empresários, valorizando cada coisa que realizamos: exemplo,orientar e supervisionar os atendentes quanto a venda com receita( atendendo legislações vigentes, como nas Farmácias),orientar e supervisionar Tosadores e o transporte adequado de animais, orientar e supervisionar quanto a armazenagem adequada de medicamentos e alimentos animal ( atendendo legislações vigentes),higiene sanitária do local, as metragens exigidas para os estabelecimentos e suas exigências ( atendendo legislações vigentes), dentre outros. Lembremos que somos Profissionais da Saúde, pois, atendendo aos animais evitamos muitas doenças zoonóticas como intoxicações alimentares, esporiotricose, e outras. Cabe colocar que se eu sou RT no hórário pré estabelecido não deveria realizar Clínica.
    Hoje já temos a conquista de nos enquadrar no programa de saúde da família( fazemos parte da SAÙDE PÙBLICA) , e a minha proposta e que tenhamos cada dia uma conduta positiva para melhoria da importância da profissão dentro da sociedacomo supervisionar porde.
    Mesmo eu como disse indiretamente, faço tudo preservando a nossa valorização, pois no meu setor, todos sabem que sou médica veterinária, tendo outro colega igual a mim. Buscamos ler e aprender quanto as áreas não somente de alimentos, mas da saúde como um todo. Até porque hoje as VISA são multidisciplinares e sua visão também o é.
    Vamos aplicar por exemplo nosso conhecimento de Boas práticas no setores de salões de beleza,estudios de tatuagem e piercing, Eventos,áreas públicas como cinema, shopping, etc .
    Vamos correr atrás de outros conhecimentos, que junto aos nossos adquiridos na universidade nos torne um profissional mais qualificado e valorizado.
    Quanto a área de Clínica médica e cirurgia realmente considero que deveria haver um acordo, quanto ao um mínimo digno e com direitos, mas não sendo justificativa, e sim, esclarecimentos, hoje quem tem uma clínica veterinária, não consegue manter dentro das normas sanitárias e de exigências, pagar um carga tributária como simples presumido , pagar um auxiliar, secretária e o o piso da categoria,pois o valor da consulta não é igual ao do ser humano. Gostaria de deixar claro, que sou a favor do pagamento porém a realidade é outra.
    Espero que nos unamos através das associações e sindicatos e que o conselhos regionais nos ofereça um marketing ao público sobre nosso vasto campo de ação.
    Espero que este Sindicato cresça e consiga valer a lei Federal 4950-A/66!

  30. Paulo Moraes disse:

    Esses politicos estão é maluco com esse projeto sobre a radiologia, deveria procurar era projetos de coisas séria que este País precisa.Politicagem pura, mas que prejudica classes nobres como nossa Medicina Veterinária, Medicina e Odontologia.Será que algum dia sobrará uma fatia do bolo para essas classes de profissionais? Estamos em extinção?Nãooo, estamos vivos e temos que lutar e nos manifestar!! Qualquer dia, estes políticos incompetentes talvez deveriam criar classes de “quase motoristas” para conduzi-los em seus carrões, “Quase pilotos de avião” para conduzi-los em seus “passeios” sobre O Gigante formado pela própria natureza e cheio de Tetas suculentas! Quase Médicos Veterinarios para cuidarem de seus rebanhos em suas terras viçosas compradas com muito “suor!

  31. Wesley disse:

    Prezado,

    Estou trabalhando em uma prefeitura faz 2 anos, minha carga horária semanal é de 15 horas, quanto de seria meu salário de acordo com a lei 4950-A/66? Não consigo entender o meu enquadramento por causa da minha carga horária. Tenho informações que outro veterinário entrou na justiça e ganhou a causa contra a mesma prefeitura. Obrigado.

  32. Vamos ver se, pelo menos, em 19 de Setembro, saia uma decisão positiva sobre as pretensões da AMVP- Rio . Nosso prefeito, com certeza precisara de nosso apoio futuramente !

  33. Rayanne disse:

    Boa noite.. moro em goiania, se Deus quiser vou entrar na faculdade de medicina veternario ano que vem, pelos comentarios acima, os salarios deixam muito a dezeijar, gostaria de saber realmente qual a media do salario de veterinaria aqui em Goias.. U.U

  34. Luiz disse:

    Boa noite. Contribuo com o sindicato regularmente. Não entendi direito esses cálculos a partir de 7 e 8 horas de jornada. De onde saiu essas 180 horas que divide o salário na conta de 7 horas diárias? E na conta de 8 horas diárias: “duas horas extras por dia, que soma 60 horas no mês” – de onde saiu essas 60 horas no mês a partir de 2 horas extras? Além disso, e quem trabalha em jornada de 8 horas diárias de segunda a sábado em empresa privada CLT, perfazendo um total de 48 semanais trabalhadas, como fazer esse cálculo? Também a CLT fala que só são permitidas 44 horas semanais e eu trabalho 48h. Como devo proceder? Grande abraço!

  35. bruna disse:

    Realmente e mto engracafo tudo isso….gostaria mto de saber onde um medico veterinario ganha esse salario….trabalho 6 vezes por semana e fazendo 1 plantao ao domingo/mes pra nao chegar perto disso.
    Pagamos um conselho que ao meu ver ,e pelo visto tb dos colegas, nao serve pra nada e que alem disso tem aumentado consideravelmente nos ultimos 3 anos pra que?
    Como mtos ja falaram vou reforcar aqui tb….e as clinicas clandestinas, charlatoes, venda de medicamentos sem receita….acho que td isso nao e segredo pra ng logo nao deveria ser preciso fazer denuncias para tais coisas serem verificadas ne??? E outra coisa, pelo preco que pagamos o minimo que vcs teriam que fazer era fiscalizar isso…afinal esse e o trabalho do conselho…ou sera que me enganei??? Ou sera que al em de sermos mal remuneradis temos que sair por ai a caca das irregularidades para facilitar o trabalho de vcs, que por sinal deve ser remunerado corretamente.

    • SIMVERJ disse:

      Estimada Colega Bruna
      Veja matéria sobre os Direitos do profissional e depende de sua vontade acionar onde trabalhas junto com o escritório de Advogados do SIMVERJ também encontra-se na barra superior do blog. Lembre-se que o Sindicato é forte quando os profissionais fortalecem e participam. Cordialmente Claudio Bastos, MV

  36. Tulio disse:

    Gostaria de saber se faculdades particulares do Rio de Janeiro tem um certo peso ou não são muito reconhecidas no mercado? Quero seguir na graduação em medicina veterinária e tenho algumas dúvidas.

  37. BARRETTO disse:

    meu to preocupada nem me formei e já tenho preocupação se vou conseguir comer ,compra minha casa, meu carrão e minhas viagens SOCORRO !!!!

    • SIMVERJ disse:

      Prezado Barreto Bom Dia esta sua preocupação é natural, dedique-se aos estudos e transforme-se em um bom profissional que todos os seus sonhos se realizarão. Cordialmente Claudio Bastos

  38. Amanda disse:

    E qual o piso para auxiliar de veterinária

    • SIMVERJ disse:

      Prezada Amanda
      Infelizmente não tenho esta informação. O blog discute exclusivamente Medicina Veterinária, acredito que no seu caso deve consultar o Sindicato de Clínicas e Hospitais Humanos para ter uma base salarial mais adequada a sua profissão. Cordialmente Claudio Bastos, MV

  39. Oposto do oposto disse:

    Muito lindo esse raciocínio dos sindicatos, porém nunca vi nenhum resultado concreto na luta dos direitos dos médicos veterinários em âmbito nacional… São profissionais com ótima formação trabalhando bem mais de 44 horas semanais e ganhando cerca de 2 salários mínimos… Um profissional desse tipo tem muitas responsabilidades, inclusive jurídicas durante um tratamento podendo ser processado, muitas vezes injustamente, por não ter alcançado resultados compatíveis com o esperado pelos proprietários de animais… A culpa disso tudo? Vários culpados… primeiro dos próprios veterinários que se prostituem para conseguir clientela diante da alta concorrência entre clínicas… segundo, o grande número de veterinários que se formam todos os semestres em faculdades veterinárias de baixa qualidade que o MEC fez o favor de autorizar seu funcionamento gerando uma lei de oferta e procura no setor… Parabéns ao CFMV e aos CRMVs por estarem jogando no lixo uma profissão tão digna, enquanto aumentam os salários e cargos para pessoas menos qualificadas que ficam esquentando cadeiras no setor federal e recebendo salários exorbitantes…

    • SIMVERJ disse:

      Prezado Clark Kent
      Necessitamos de fortalecimento dos Sindicatos, pois a Autarquia cobra deveres e nós quando fortalecidos pela nossa categoria lutaremos pelos DIREITOS. Cordialmente Claudio Bastos, MV

  40. Isis Nobre disse:

    Amei tudo o que foi dito!

  41. Fernanda disse:

    Ola Boa tarde,
    para trabalhar em um laboratório com carga horaria de 8 horas, e 5 dias por semana, carteira assinada.Qual o piso salarial?

    • SIMVERJ disse:

      Prezada Fernanda eis a lei do salário profissional do Médico Veterinário.
      LEI No 4.950-A, DE 22 DE ABRIL DE 1966.
      Vide RSF nº 12, de 1971.
      Dispõe sôbre a remuneração de profissionais diplomados em Engenharia, Química, Arquitetura, Agronomia e Veterinária.
      Faço saber que o CONGRESSO NACIONAL aprovou e manteve, após veto presidencial, e eu, AURO MOURA ANDRADE, PRESIDENTE do SENADO FEDERAL, de acôrdo com o disposto no § 4º do art. 70, da Constituição Federal, promulgo a seguinte Lei:
      Art . 1º O salário-mínimo dos diplomados pelos cursos regulares superiores mantidos pelasEscolas de Engenharia, de Química, de Arquitetura, de Agronomia e de Veterinária é o fixado pela presente Lei.
      Art . 2º O salário-mínimo fixado pela presente Lei é a remuneração mínima obrigatória por serviços prestados pelos profissionais definidos no art. 1º, com relação de emprêgo ou função, qualquer que seja a fonte pagadora.
      Art . 3º Para os efeitos desta Lei as atividades ou tarefas desempenhadas pelos profissionais enumerados no art. 1º são classificadas em:
      a) atividades ou tarefas com exigência de 6 (seis) horas diárias de serviço;
      b) atividades ou tarefas com exigência de mais de 6 (seis) horas diárias de serviço.
      Parágrafo único. A jornada de trabalho é a fixada no contrato de trabalho ou determinação legal vigente.
      Art . 4º Para os efeitos desta Lei os profissionais citados no art. 1º são classificados em:
      a) diplomados pelos cursos regulares superiores mantidos pelas Escolas de Engenharia, de Química, de Arquitetura, de Agronomia e de Veterinária com curso universitário de 4 (quatro) anos ou mais;
      b) diplomados pelos cursos regulares superiores mantidos pelas Escolas de Engenharia, de Química, de Arquitetura, de Agronomia e de Veterinária com curso universitário de menos de 4 (quatro) anos.
      Art . 5º Para a execução das atividades e tarefas classificadas na alínea a do art. 3º, fica fixado o salário-base mínimo de 6 (seis) vêzes o maior salário-mínimo comum vigente no País, para os profissionais relacionados na alínea a do art. 4º, e de 5 (cinco) vezes o maior salário-mínimo comum vigente no País, para os profissionais da alínea b do art. 4º.
      Art . 6º Para a execução de atividades e tarefas classificadas na alínea b do art. 3º, a fixação do salário-base mínimo será feito tomando-se por base o custo da hora fixado no art. 5º desta Lei, acrescidas de 25% as horas excedentes das 6 (seis) diárias de serviços.
      Art . 7º A remuneração do trabalho noturno será feita na base da remuneração do trabalho diurno, acrescida de 25% (vinte e cinco por cento).
      Art . 8º Esta Lei entrará em vigor na data da sua publicação, revogadas as disposições em contrário.
      Brasília, 22 de abril de 1966; 145º da Independência e 78º da República.
      AURO MOURA ANDRADE
      Presidente do Senado Federal
      Este texto não substitui o publicado no D.O.U. de 29.4.1966

  42. tessia moraes disse:

    adorei essa pagina

  43. Kaio disse:

    Olá, joia?
    Gostaria de saber: Que esse valores de salários é valido para um iniciante na carreira?

  44. Pela grande responsabilidade : a vida animal_o salario deveria ser maior.

  45. Marcos Paulo disse:

    Eu amo !mais amo de paixão animais ,o salário ele é importante sim concordo mais o mais importante e ver o meu sonho de infância ser realizado isso não tem preço.Ainda não inicie a faculdade ,mas quero falar algo para os que ainda vão começar e para os que já estão na área a algum tempo ,não pare , não desista ,nós somos instrumentos de Deus para cuidar daqueles que não sabe falar que estão com dor que estão com fome que estão triste. Nós não escolhemos nada Deus nós escolheu para cuidarmos da criação que é dele ,o nosso maior tesouro ,o resultado do trabalho da nossas mãos estará no céus, Deus ele nos recompensara!Não parem não desista ,você foi chamado para ser diferente você foi chamado para fazer parte da profissão mais linda deste mundo.Ame os animais ,mais faça ainda melhor ame,ajude e respeite o seu próximo assim você ira fazer um grande bem para você mesmo.

  46. Marcos Paulo disse:

    gostaria que os veterinários já formados me respondessem as seguintes perguntas .
    È muito difícil ao ponto de desistir ?
    A muitas desistências no curso de medicina veterinária ?
    Tenho muito medo de começar a faculdade e depois desistir este medo é normal ?
    Como os dois primeiros anos são só aulas teóricas acabam desanimando?
    Quais faculdades de são Paulo capital pagas vcs me indicam ?
    fazer pelo fies é uma boa ?
    existe algum sistema de bolsa para essa área ?
    Qual a melhor aréa para fazer uma pós ?
    Oque é melhor fazer um curso técnico para depois entrar na faculdade ja sabendo de alguma coisa o é melhor entrar direto na faculdade ?
    Espero respostas pois ira me ajudar muito e com certeza a outras pessoas que também tem as mesmas duvidas que eu .Obrigado pela atenção sem mais .

    • SIMVERJ disse:

      Prezado Paulo
      A Medicina Veterinária tem uma infinidade de oportunidades e depende de cada um descobrir o seu caminho. O Sindicato não tem como avaliar desistências pois não regulariza a profissão, e sim o Conselho Regional. O importante é começar e acreditar em Você e suas intuições para definir seus caminhos. Cordialmente Claudio Bastos, MV

  47. Marcos Ricci disse:

    Bom.. tenho apenas 15 anos mas já faço estágio de Reprodução animal ( médico veterinário ) na Embrapa Sudeste Paulista… planejo fazer faculdades e tudo mais nesse mesmo ramo, gostaria de saber se você poderia me dar alguns conselhos para seguir em frente nessa carreira e também queria saber se esta lei se adapta também ao estado de SP

    • SIMVERJ disse:

      Bom Dia Marcos
      A lei é federal e se adapta qualquer estado, mas o governo ( estadual e municipal ) não utilizam esta determinação legal. Os conselhos que dou para todos que se propõem estudar Medicina Veterinária é persistência e dedicação, até encontrar sua área de atuação e aí sim, passará a ser sua meta de Vida profissional, com mais dedicação e persistência. Vence o que for melhor. Cordialmente Claudio Bastos, MV

  48. Renata disse:

    Houve convenção coletiva com o percentual do dissídio para iniciativa privada de veterinários do Rio de Janeiro em 2014 ? De quanto foi o dissídio ?

  49. Bruno Amaral C F Queiroz disse:

    Boa noite.
    Sou veterinário de uma empresa privada do estado de MG, trabalho com clinica, cirurgia e reprodução de grandes animais a campo e gostaria de saber mais sobre a taxa de insalubridade para os médicos veterinários no meu estado.
    Obrigado e aguardo resposta.

    • SIMVERJ disse:

      Prezado Colega
      A insalubridade é discutida com empregador e é variável. O SMP é baseada na Lei nº 4950 A/1966 (ver na barra preta do nosso blog). Cordialmente Claudio Bastos, MV

  50. SOFIA disse:

    Eu tenho o sonho de ser uma veterinária.Não só por causa do dinheiro,e sim porque amo animais,e faço desejo fazer isto porque tenho essa paixão

  51. Ellen disse:

    Prezados
    Dúvida: Preciso contratar um médico veterinário para uma carga horária semanal de 36h, sendo que o mesmo só atuará de segunda a sexta, totalizando uma carga horária mensal de 180h, desta forma não ultrapasso a jornada mensal prevista na legislação, porém a distribuição destas 36h de segunda a sexta ultrapassa as 06h diárias. Com devo proceder?
    É necessário o pagamento de hora extra uma vez que não ultrapasso a CH semanal (36h)/mensal(180h)? Sou empresa privada.
    Obrigada,
    Ellen

  52. Felipe disse:

    Com todo respeito a este sindicato, este teto salarial é conversa pra boi dormir, estamos atualmente e a muito tempo desprotegidos em todos os sentidos, é cada um por sí meu amigo. Trabalhei desde que me formei em indústria de nutrição animal, logicamente ganhei muito mais que este teto ai, masssssss foi devido o fruto do resultado que eu proporcionava para a empresa, porque meu salario fixo era uma miséria de 2.500 reais. Eu não aguentei mais trabalhar porque não me formei pra ficar viajando igual caminhoneiro também. Resolvi trabalhar com endoscopia veterinária, é ridículo pois eu presto serviço nas clinicas por onde moro, ganho bem mas vejo o sofrimento dos colegas clínicos, é muito ridícula esta profissão de médico veterinário, é a profissão mais ingrata e desrespeitada que já vi em minha vida. Minha esposa é médica, a diferença já se inicia na carteira profissional dela, é MUITO diferente. Sinceramente, já ví vários colegas indo vender pastel na feira porque não dá conta de viver com esta miséria e um conselho incompetente, que não faz nada por ninguém, é mais um meio de sobrevivência do que meio de trabalho, assim como outros demais conselhos também ao meu ver…. Resumindo, se pudesse voltar no tempo, eu faria faculdade de geografia mas não faria medicina veterinária nunca mais… Olha que não estou falando sobre o desrespeito profissional por parte dos clientes viu? Uma aberração, da vontade de mandar todo mundo ir pra onde deveriam ir…sinceramente. Um abraco aos meus colegas sofredores e batalhadores, que Deus abençoe nossas vidas porque profissionalmente…vou te falar. Vejam as vagas de trabalho na esfera pública, perceba a quantidade de concursos para advogados e comparem com médicos veterinários….sou muito burro em ter feito esta coisa….Decepção total ahahaha mas blz…… vamos que vamos.

    • SIMVERJ disse:

      Prezado Colega Felipe
      Lamento suas decepções profissionais, infelizmente isto faz parte da vida que nos propomos. O Sindicato informa o que for necessário para a conscientização do profissional, e assim procuramos agregar valores para o fortalecimento do grupo, mas dependemos de uma coisa ” pensamento coletivo ” pois o Conselho é uma autarquia atípica para cobrar deveres e o Sindicato é uma instituição da sociedade profissional que depende da participação voluntária do Médico Veterinário. Coisa que poucos se dispõe a cumprir o rito mínimo que é pagar sua Imposto Sindical (atual Contribuição Sindical Urbana) quanto mais se associar ou pagar a Contribuição Confederativa. Converse com sua esposa e veja como é diferente o Sindicato dela, pois ela sabe que a união faz a força, diferente de nós. Forte abraço e faça o mínimo pela sua profissão, critique e participe. Claudio Bastos, MV

  53. diogo disse:

    Eu trabalho das 23:00 as 07:00 com 2 domingos fazendo 12 horas e os outros 2 domingos eu tenho folga e mais 2 dias da semanas resumindo 2 domingos e 2 dias da semana , minha carteira ta ass em 3.700 mais com os discontos recebo uns 3.100 e poco eu tive q assinar um contrato falando q recebo hora extra depois d 2 horas q passar do meu horário eeee q recebo fixo sem direito a adicional noturno isto e valido ???

  54. Rafaela disse:

    Boa Tarde, faço curso Técnico de Administração e estou montando uma empresa simulada que seria um Pet Shop, onde obrigatoriamente temos que ter um veterinário, gostaria de saber se nesse caso o salário estipulado também se encaixa ou há algum tipo de desconto ?

  55. Liana Rosa disse:

    Prezados,

    estamos delineando um projeto que necessitará de médicos veterinérios. A idéia é de uma escala de trabalho de 12h com folga de 36h. Este tipo de arranjo é legal na categoria? Caso positivo, qual seria o salário adequado?

    Grata desde já,

    Liana

    • SIMVERJ disse:

      Bom dia Liana
      Para uma resposta melhor consultei a FENAMEV. Aguardo a resposta. Cordialmente Claudio Bastos, MV 21 78645476

    • SIMVERJ disse:

      Boa tarde Liana
      Eis a resposta da FENAMEV, através do nosso Advogado. Assim, estamos abertos a posterior entendimentos para atendimento da Lei e de sua solicitação.
      Cordialmente Claudio Bastos, MV 21 78645476 999845024

      ‘A jornada de trabalho de 12h00 trabalhadas por 36h00 de descanso é permitida para algumas categorias profissionais, conforme entendimento do Tribunal Superior do Trabalho (TST), desde que pactuado por instrumento coletivo de trabalho (acordo ou convenção). O assunto, inclusive, está sumulado pelo TST. Entendemos que o medico veterinário – de forma semelhante ao medico humano – poderá contratar jornada de trabalho de 12h00x36h00, desde que condicionado ao Acordo Coletivo de Trabalho ou Convenção Coletiva de Trabalho e, também, seja respeitado um intervalo mínimo de uma (01) hora intra jornada diária para descanso e alimentação não considerado como hora trabalhada.
      Quanto ao salário deve-se respeitar o piso da categoria estabelecido pela lei nº 4.950-A/66.
      Importante observar que na jornada de 12h00x36h00 o repouso semanal já vem embutido na folga das 36h00. Entretanto, em havendo trabalho em feriado, por motivo justo, este deve ser pago em dobro ou com folga em outro dia na mesma semana.
      Já quanto ao salário mínimo de horas mensais trabalhadas há alguma variação no entendimento do judiciário: hora entende com 220h00 hora entende como o múltiplo de 15 dias de trabalho vezes 12h00 trabalhadas acrescido de 34h40min de repouso semanal remunerado (RSR): que é na média anual de 52 semanas (cinqüenta e duas) semanas dividido por 12 meses/ano, importando em 212h00 a 214h40min média/mês/ano de jornada de trabalho. Em razão desse questionamento e da falta de um posicionamento único do Judiciário e dos doutrinadores, sugerimos que a jornada de trabalho mensal do médico veterinário em jornada de 12 horas trabalhadas por 36 horas de descanso seja, também, materializada através de instrumento coletivo de trabalho, visando evitar duvidas no futuro. Logo encontrada a jornada por simples regra de três (03) será encontrado o salário devido pela aplicação do que estabelece a citada Lei nº 4.950-A/66.”

      Att.
      Florianópolis, 18 de Novembro de 2014.

      Waldir dos Santos
      Ass. Jurid. FENAMEV

  56. sandra disse:

    concordo com o que li acima de minha xará!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s